ABEV3 cotação atual de mercado é justa?

Eu quero te mandar alguns Ebooks de Graça, deixe o seu Email.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on twitter
    Twitter
    Share on whatsapp
    WhatsApp
    Share on telegram
    Telegram
    Share on pinterest
    Pinterest

    Nos últimos tempos, a Ambev S.A. vem sofrendo bastante, o que faz com que a cotação das ações ABEV3 oscile bastante.

    Embora a Ambev seja uma das maiores empresas do segmento de bebidas alcoólicas do país, o lucro líquido da empresa “estacionou” ao longo do tempo.

    A empresa tem investido em segmentos diferentes da produção e distribuição de bebidas não alcoólicas como a fabricação de sucos e outras bebidas não alcoólicas.

    Então, no artigo de hoje, vamos falar sobre a queda da cotação das ações ABEV3 e quais os motivos reais para que esta queda.

    Antes de mais nada, conhecendo um pouco da ABEV3…

    Em termos históricos, a Ambev surgiu na década de 1980 com as cervejarias Brahma e Antártica.

    No ano de 2012, aconteceu a última reestruturação relevante da empresa em que as ações da empresa passaram a ser negociadas na bolsa pelo ticker ABEV3.

    Após a fusão destas empresas, a Ambev passou a ser dona de rótulos de cervejas como Skol, Brahma e Antártica.

    Além disso, a empresa também é proprietária de todas as marcas ligadas a esses rótulos como Skol Beats e Original.

    Ao longo do tempo, a empresa também adquiriu algumas cervejarias artesanais nacionais como a Colorado como parte do seu plano de expansão.

    Com a competitividade de mercado, a empresa começou a investir no segmento de bebidas não alcoólicas como refrigerantes, energéticos e sucos.

    Portanto, a empresa também é dona dos rótulos Guaraná Antárctica, energético Fusion e os sucos do Bem, e também tem o direito de licenciamento da fabricação da Pepsi, Gatorade, Ice Tea e H2O.

    A Ambev possui o direito de licenciamento de alguns rótulos de cervejas que foi adquirido principalmente através da fusão com a Interbrew International BV.

    Ou seja, a empresa adquiriu o direito de fabricação das principais cervejas da Interbrew como Budweiser e Stella Artois no Brasil em troca de ceder o licenciamento de fabricação de suas principais cervejas par a Interbrew.

    De um modo geral, a Ambev fabrica os rótulos para os países da América Latina e Canadá e Interbrew é responsável pela fabricação dos rótulos da Ambev para os Estados Unidos, Europa e outros mercados mundiais.

    Desse modo, a Ambev é uma empresa gigantesca com um potencial indiscutível, mas então por que a cotação das ações ABEV3 caiu tanto ao longo dos últimos anos?

    A ABEV3 na bolsa de valores e como a sua cotação tem oscilado?

    Desde 2013, as ações da Ambev são negociadas na bolsa de valores através de ações ordinárias com ticker ABEV3.

    De acordo com o site Fundamentei, a ABEV3 é controlada majoritariamente por três empresas distintas:

    • Interbrew International BV com 54 % das ações ordinárias ON;
    • Fundação Zerrenner com 10 % das ações ABEV3;
    • Ambrew com 8 % das ações ABEV3.

    Em outras palavras, a empresa tem cerca de 27,9 % de free float das ações ABEV3.

    Além disso, as ações da ABEV3 apresentam um tag along razoável de 80 %.

    Atualmente, em agosto de 2020, as ações da Ambev têm apresentado o pior desempenho de suas cotações em comparação aos últimos 5 anos (Figura 1).

    abev3 cotação
    Figura 1: Cotação das ações ABEV3 nos últimos 5 anos. Fonte: Site Fundamentei (2020).

    Normalmente, nos últimos 5 anos, as ações ABEV3 tinham a sua cotação entre R$ 15,00 e R$ 18,00 por ação.

    A única exceção foi o desempenho da empresa entre o ano de 2017 a meados de 2018 em que a cotação da ABEV3 valorizou até cerca de R$ 23,00.

    Contudo, devido a uma série de dificuldades que a empresa vem atravessando, a cotação das ações ABEV3 tem apresentado um forte viés de baixa com desvalorização de 30 % nos últimos 12 meses.

    Mas, o que de fato justifica esse cenário?

    O que está acontecendo com a cotação da ABEV3 nos últimos tempos?

    Desde 2015, a Ambev vêm enfrentado dificuldades de expandir significativamente seu lucro em comparação ao cenário econômico anterior da empresa.

    Esta dificuldade pode ser justificada por uma série de questões que serão discutidas a seguir.

    1) Aumento da competitividade do mercado de bebidas alcoólicas

    Em primeiro lugar, é inegável que desde 2015 observou-se o aumento da competitividade do mercado de bebidas alcoólicas pela expansão do consumo de cervejas artesanais.

    Nos últimos anos, diversos rótulos de cervejas artesanais nacionais passaram a ganhar mercado como a cervejaria Baden Baden, por exemplo.

    Desse modo, as cervejas artesanais foram progressivamente tomando uma fatia de mercado que antes era ocupada pelas cervejas mais tradicionais como Brahma, Skol e Antártica.

    Num mercado tão concorrido e competitivo, a Ambev comprou algumas cervejarias como a cervejaria Colorado, contudo a empresa não foi tão eficiente neste processo.

    2) Entrada da cervejaria Heineken no mercado nacional de bebidas alcoólicas.

    Em segundo lugar, outro ponto que contribuiu bastante para o cenário atual da Ambev nos mercados em que atua foi a entrada da cervejaria Heineken no mercado brasileiro.

    A cervejaria Heineken é responsável pela fabricação dos rótulos de cerveja como: Heineken, Sol,  Bavaria, Amstel, Devassa, Baden Baden e Eisenbahn.

    Atualmente, estas cervejas são bastante competitivas no mercado e, consequentemente, conseguem tomar uma fatia do mercado que antes era ocupada pela Ambev.

    Enquanto o market share da Ambev diminuiu no ano de 2019 e foi de aproximadamente 59 %, a participação de mercado da Heineken é crescente e já representa 21 %.

    3) Pandemia de COVID-19 atrapalha a cotação da ABEV3?

    Em terceiro lugar, atualmente, a pandemia de COVID-19 é um fator que com certeza afetou o desempenho das cervejarias de uma forma geral (Figura 2).

    abev3 cotação
    Figura 2: Parte do Resultado do 2T20 da ABEV3 que fala sobre COVID-19. Fonte: Resultado do 2T20.

    Isso pode ser justificado pelo fechamento de bares e restaurantes durante a quarentena e o funcionamento parcial dos estabelecimentos comerciais.

    Além disso, a própria mudança de hábito das pessoas que estão evitando fazer grandes festas e confraternizações pode ser determinante no desempenho reduzido da empresa.

    4) Falta de agilidade da empresa em buscar novos mercados e oportunidades

    A Ambev demorou para começar a se movimentar em busca de novos nichos de atuação e oportunidades que permitissem a manutenção de sua distância em relação aos seus principais concorrentes.

    Ao optar pelos mercados de bebidas não alcoólicas, a empresa continua tendo a concorrência com empresas fortes e consolidadas, o que dificulta que a empresa se destaque em algum nicho de mercado específico.

    Sendo assim, falta a Ambev o potencial de inovação para buscar uma nova oportunidade de mercado, ainda que a empresa seja extremamente forte em sua cadeia de distribuição.

    Outros fatores como o aumento dos custos de produção também estão contribuindo para o atual cenário pouco favorável a Ambev.

    Minha opinião sobre a Ambev e o desempenho da sua cotação nos últimos tempos

    Na minha opinião, considero a Ambev uma empresa gigante dentro do segmento de bebidas alcoólicas.

    Todavia, nos últimos anos, a empresa simplesmente ficou estagnada e permitiu que outras grandes empresas do segmento ganhassem uma fatia significativa do market share da Ambev.

    Então, atualmente penso que a cotação atual menor em comparação ao período entre 2017 e 2018 seja justa pelo cenário explicado nesse artigo.

    Devido a falta de agilidade da Ambev, penso que no momento a empresa não se torna tão interessante aos olhos dos investidores de longo prazo.

    Lembrando sempre que não é nenhuma indicação de compra e venda, certo?

    Um forte abraço e até a próxima!

    Share on facebook
    Facebook
    Share on twitter
    Twitter
    Share on whatsapp
    WhatsApp
    Share on telegram
    Telegram
    Share on pinterest
    Pinterest

    Últimos artigos

    Artigos Passados

    Que tal dar um gás no seu Aprendizado?

    Faça algum dos nossos cursos e aprenda mais rápido e melhor!