in

Como investir em imóveis com pouco dinheiro?

Investir em fundos imobiliários permite o recebimento de aluguéis mensais com pouco dinheiro.

habt11 vale a pena

Atualmente, num mercado imobiliário em crescimento, muitas pessoas perguntam como investir em imóveis com pouco dinheiro?

Sem dúvidas, é possível receber aluguéis mensais de imóveis sem a necessidade de investir milhares ou milhões de reais.

O investimento em fundos imobiliários, ou FIIs, permite ao cotista receber frações do aluguéis pagos pelos inquilinos.

Além disso, investir em FIIs não envolve questões burocráticas como elaboração de contratos e pagamentos de impostos.

Desse modo, o investimento em imóveis através dos fundos imobiliários é uma opção interessante para o recebimento de aluguéis.

Porque não investir diretamente em imóveis?

Em primeiro lugar, muitas pessoas perguntam como investir em imóveis?

Certamente, existem algumas formas de investir em imóveis dentro do mercado imobiliário brasileiro.

A primeira forma de investir em imóveis é através da compra de imóveis físicos como casas e apartamentos com pagamento a vista ou financiado.

Contudo, a compra de imóveis é feita com o gasto de muito dinheiro e envolve uma série de questões burocráticas e documentos.

A segunda forma de investir em imóveis é através da locação de imóveis físicos.

Em outras palavras, você aluga uma casa ou apartamento para um inquilino com um contrato de locação simples.

O contrato de locação simples é firmado entre o locador e o inquilino e tem duração de 30 meses.

Entretanto, é bastante comum que os inquilinos tenham dificuldades de pagar o aluguel em dia, ou ainda não queiram desocupar um imóvel quando estão em inadimplência.

Além disso, o inquilino pode romper intencionalmente o contrato de locação de imóvel e criar problemas futuros como não pagamento de reformas e reparos.

Então, se você optar por alugar como forma de investir em imóveis pode ter problemas burocráticos e judiciais com inquilinos.

Consequentemente, os investimentos diretos em imóveis podem criar uma série de problemas para os proprietários e locatários.

Em contrapartida, a terceira forma de investir em imóveis é através dos fundos de investimentos imobiliários, ou FIIs.

Os fundos imobiliários são uma ótima alternativa para quem quer investir em imóveis com pouco dinheiro e sem burocraria.

Em seguida, vamos falar um pouco sobre este tipo de investimento.

Como investir em imóveis com pouco dinheiro?

Os fundos de investimento imobiliários permite investir em imóveis com pouco dinheiro.

Por exemplo, você pode receber aluguéis mensais de empreendimentos com um investimento de R$ 100,00.

Então, vamos explicar como funcionam os fundos imobiliários e como é possível investir em FIIs.

O que são fundos de investimentos imobiliários?

Os fundos de investimentos imobiliários são ativos de renda variável regidos pela Lei número 8.668 de 25 de junho de 1993.

De acordo com a lei, os fundos imobiliários são definidos pela captação de recursos por meio de Distribuição de Valores Mobiliários destinados a investimentos em empreendimentos imobiliários.

Em outras palavras, os fundos imobiliários são investimentos feitos na bolsa de valores pela aquisição de participações chamadas cotas.

Os FIIs têm gestoras que são responsáveis pela gestão dos imóveis dos fundos, inclusive na negociação de contratos com os locatários.

Além disso, os fundos imobiliários têm administradoras que são responsáveis pela parte documental e burocrática do fundo.

Sendo assim, o investidor que detém as cotas do FII não tem a necessidade de resolver questões burocráticas dos imóveis.

Ademais, os fundos imobiliários devem distribuir obrigatoriamente 95 % dos rendimentos semestrais aos seus cotistas.

Os rendimentos e ganhos auferidos pelos FIIs são isentos de imposto de renda.

Se você quiser saber mais informações sobre os fundos imobiliários, basta clicar nesse link para um outro artigo do blog.

Como investir em fundos imobiliários?

O primeiro passo para investir em fundos imobiliários é abrir uma conta numa corretora de investimentos.

Atualmente, existem diversas corretoras famosas no mercado brasileiro como a XP Investimentos.

Caso não se sinta a vontade para investir diretamente numa corretora, é possível investir através dos bancos tradicionais.

Entretanto, os bancos tradicionais costumam cobrar taxas mais altas para alguns investimentos.

Após abrir uma conta na corretora de investimentos, é recomendável que você comece a estudar os fundos imobiliários.

Desse modo, é importante ler o regulamento dos fundos imobiliários para saber como os FIIs funcionam na prática.

A gestora dos FIIs ainda emitem relatórios gerenciais que mostram como foi a distribuição de rendimentos e aspectos do mercado imobiliário.

Sem dúvidas, estudar os fundos de investimento imobiliário vai permitir que você escolha os FIIs que se adequam ao seu perfil.

Por exemplo, eu gosto de investir em FIIs do segmento logístico, mas poderia investir em fundos imobiliário de shopping center.

como investir em imóveis
Figura 1: Fundos imobiliários de shopping center.
Fonte: Pixabay

Como receber aluguel de fundo imobiliário?

O último passo para receber aluguel de fundo imobiliário é a compra das cotas do FII na bolsa de valores.

A compra é feita diretamente na Bovespa através do aplicativo da corretora de investimentos.

Assim, cada fundo imobiliário tem um código chamado ticker que normalmente termina com o número 11.

Só para ilustrar, o Alianza Trust Renda Imobiliário FII, é um fundo imobiliário negociado pelo ticker ALZR11.

Com o objetivo de comparar qual a diferença entre investir diretamente em imóveis e quanto você receberia em aluguel se investisse o valor em ALZR11.

Para comparar, vou usar o Domu que é um aplicativo para controle de investimentos e simulador de investimentos.

A princípio, vamos imaginar que você tem 500 mil para investir. Caso optasse por comprar um apartamento, conseguiria comprar um imóvel razoável numa cidade grande.

Em contrapartida, caso investisse o valor de R$ 500 mil em ALZR11, você teria a seguinte rentabilidade.

alzr11 rentabilidade
Figura 2: Rentabilidade do ALZR11.
Fonte: Domu app.

Ao investir R$ 500 mil, você teria aproximadamente 4.734 cotas do ALZR11 com uma cotação de R$ 105,60.

Nos últimos 12 meses, essas cotas do ALZR11 teriam a rentabilidade de R$ 22.878,80 no ano.

Ou seja, todos os meses o investidor receberia R$ 1.906,57, valor equivalente ao recebimento de um aluguel de um imóvel.

Os aluguéis pagos pelos FIIs são chamados de proventos ou dividendos.

Por consequência, você receberia o valor do aluguel sem ter burocracia ou problemas com inquilinos.

Então, espero que você tenha aprendido os primeiros passos sobre como investir em imóveis com pouco dinheiro.

Acompanhe os artigos aqui do Blog sobre fundos imobiliários.

Um forte abraço,

Rodrigo Colombo.

What do you think?

Comments

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

ITUB3 ou ITUB4: rentabilidade nos últimos 12 meses?

hgru11 bovespa

HGRU11: quiz sobre esse FII listado na Bovespa