in

HGBS11 queda da cotação e dos dividendos vai parar?

O HGBS11 foi um dos fundos imobiliários mais afetados pela pandemia. Mas, até quando vai a queda da cotação e dividendos deste FII?

O HGBS11, ou Hedge Brasil Shopping FII, é um dos fundos imobiliários do segmento de shopping mais conhecidos e negociados na B3. Entretanto, os cotistas do HGBS11 observaram uma queda significativa de sua cotação e seus dividendos desde março de 2020.

Sem dúvidas, a crise ocasionada pela pandemia afetou a cotação de diversos fundos de investimentos imobiliários, contudo o segmento de shopping center foi um dos mais afetados por este cenário.

Desse modo, até o mês de novembro de 2020, o FII HGBS11 ainda não teve a retomada da valorização de sua cotação e dividendos, em comparação aos valores do final do ano passado.

O artigo de hoje vai discutir em linhas gerais sobre a queda da cotação do HGBS11 nos últimos meses e sobre a redução do pagamento de dividendos no mesmo período. Além disso, vamos ponderar sobre a retomada futura do fundo.

Mas, antes de tudo, vamos falar um pouco sobre o fundo Hedge Brasil Shopping FII para os iniciantes.

É sempre importante lembrar que o artigo não se trata de uma recomendação de compra e venda, está bem?

O que é HGBS11?

O HGBS11 é um fundo imobiliário do segmento de shopping center que teve seu início de negociações na b3 no ano de 2006.

O objetivo do fundo é auferir renda através do investimento em shopping centers construídos, com ABL mínima de 15.000 m² e, prioritariamente, shopping centers já “maturados economicamente”.

Certamente, o Hedge Brasil Shopping é um dos FIIs mais consolidados deste segmento e com a ótima gestão ativa da Hegde Investiments.

Inscrito sob o CNPJ número 08.431.747/0001-06, o HGBS11 é destinado a investidores em geral conforme instrução CVM número 400.

Atualmente, o fundo tem cerca de 75.900 cotistas e possui 10 milhões de cotas emitidas e negociadas a mercado.

Além disso, o fundo HGBS11 já realizou 8 processos de emissão e subscrição de cotas com objetivo de arrecadar montantes para a aquisição de novos ativos imobiliários para o portfólio do fundo.

Em novembro de 2020, o fundo tem 16 ativos imobiliários na forma de shopping centers, localizados majoritariamente no estado de São Paulo.

O fundo também tem participações em shopping centers localizados nos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Agora que você já sabe as informações básicas sobre o que é HGBS11, vamos falar a seguir sobre a queda da cotação e do fluxo de dividendos do fundo.

HGBS11 porque caiu tanto? Qual o motivo da queda?

Em primeiro lugar, antes de mais nada, é preciso entender que o HGBS11 é um fundo imobiliário que é um ativo de renda variável.

Em resumo, os ativos de renda variável como os fundos imobiliários podem ter oscilações de sua cotação, tanto para cima quanto para baixo!

Caso você seja um investidor iniciante, é fundamental se acostumar com estas oscilações e trabalhar seu emocional para os momentos de queda e desvalorização.

Mas, o que justifica a queda mais acentuada do HGBS11 nos últimos meses?

A principal justificativa para a queda mais acentuada da cotação e do fluxo de dividendos do HGBS11 é o impacto econômico da pandemia de COVID-19 nos shopping centers.

Entre os meses de março e julho de 2020, muitos shopping centers tiveram o seu funcionamento suspenso ou funcionaram com restrições de horário, como demonstrado na figura 1.

hgbs11 ri
Figura 1: Restrições de funcionamento dos shoppings do HGBS11 durante a pandemia.
Fonte: HGBS11 RI.

Obviamente que o fechamento dos shopping centers praticamente zerou o fluxo de pessoas nestes estabelecimentos, o que afetou drasticamente o lucro arrecadado nesse período.

Então, como os investidores mais experientes aprendem com o tempo: o mercado é eficiente em precificar os ativos em cada momento.

Dessa forma, os FIIs do segmento de shopping center, como o HGBS11 e o XPML11, tiveram uma redução muito acentuada do pagamento de dividendos a partir de abril de 2020.

Por consequência disso, a cotação do HGBS11 teve uma grande queda devido ao pagamento de proventos reduzidos, ocasionados pelos impactos econômicos da pandemia de COVID-19.

Então, quais os impactos da pandemia de COVID-19 na cotação do HGBS11? Vamos responder a esta pergunta a seguir.

HGBS11: qual o comportamento da cotação e dos dividendos do fundo nos próximos meses?

Sem dúvidas, como mencionado anteriormente, o mercado de renda variável “reprecificou” o HGBS11 por três motivos principais que afetaram a cotação do fundo:

  • O maior risco do segmento de shopping center devido a uma possível crise econômica;
  • Alguns investidores venderam suas posições para investir em renda fixa, principalmente nos meses de março e abril de 2020;
  • A queda do fluxo de dividendos do HGBS11 pela paralisação temporária do funcionamento dos shopping centers.

Por isso, a cotação do HGBS11 apresentou uma redução bastante significativa, conforme demonstrado na figura 2, obtido do site Status Invest.

hgbs11 cotação
Figura 2: Cotação do HGBS11 nos últimos 12 meses.
Fonte: Status Invest.

A figura 2 mostra que o fundo HGBS11 é negociado atualmente com uma cotação de cerca de R$ 208,92. Em contrapartida, em novembro de 2019, o fundo chegou a ser negociado a R$ 270,00.

Em termos percentuais, a queda da cotação do HGBS11 é de cerca de 23,4%, ou seja, atualmente o fundo é negociado com deságio.

Então, vamos analisar o fluxo de dividendos do fundo nos últimos 12 meses através da figura 3.

hgbs11 dividendos
Figura 3: Dividendos do HGBS11 nos últimos meses.
Fonte: Mundo FII.

É possível notar na figura 3 que o fluxo de dividendos do HGBS11 sofreu uma queda acentuada a partir de abril de 2020.

Só para ilustrar, entre agosto de 2019 e março de 2020, o fundo pagava em dividendos R$ 1,40 por cota, enquanto em maio de 2020 o pagamento de proventos do fundo foi de apenas R$ 0,35 por cota.

Esta redução do fluxo de dividendos fez com que muitos investidores vendessem suas cotas pelo baixo retorno de proventos e alto risco do segmento a uma possível crise econômica.

Conclusão sobre a queda da cotação do HGBS11

Tendo em vista o cenário atual, é bastante provável que o segmento de shopping centers dos FIIs leve algum tempo para se recuperar, talvez no final de 2021 ou em 2022.

Não é possível definir um prazo absoluto, pois como se trata de uma crise de saúde pública e sanitária, vai depender de muitos aspectos.

Então, na minha percepção, esta queda da cotação do HGBS11 ainda vai levar um tempo para passar, de modo que os investidores deverão ter paciência para ter um retorno no longo prazo.

Um forte abraço,

Rodrigo Colombo.

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
como economizar dinheiro

Como economizar dinheiro: prática e métodos mais eficazes

como organizar seu orçamento

Como gerenciar seu orçamento e controlar seus gastos?