Análise do histórico de dividendos do HGLG11

Eu quero te mandar alguns Ebooks de Graça, deixe o seu Email.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on twitter
    Twitter
    Share on whatsapp
    WhatsApp
    Share on telegram
    Telegram
    Share on pinterest
    Pinterest

    Não é segredo para ninguém que o HGLG11, ou CSHG Logística, é um dos fundos imobiliários mais conhecidos da bolsa de valores. Por isso, é importante fazer uma análise sobre o histórico de dividendos do HGLG11 ao longo dos anos.

    Sem dúvidas, o CSHG Logística FII pode ser considerado um dos fundos mais consolidados do seu segmento, não é verdade? Mas, você sabe como é a distribuição de dividendos do fundo nos últimos 5 anos?

    Caso não saiba, o artigo de hoje vai destrinchar o histórico de dividendos di HGLG11 deste gigante da bolsa de valores, ou seja, vamos falar sobre os proventos do HGLG11.

    Contudo, antes de prosseguir a análise do histórico de dividendos, vale a pena mostrar as principais características do FII HGLG11.

    O que é o FII HGLG11?

    O fundo imobiliário HGLG11 é um ativo de renda variável negociado na bolsa de valores brasileira.

    O HGLG11 é um dos FIIs mais antigos do mercado de renda variável brasileiro, sendo que seu IPO foi no ano de 2010.

    De acordo com o regulamento do fundo, ele é classificado como um FII de tijolo do segmento logístico. Assim, o HGLG11 investe em galpões logísticos usados como centros de distribuição.

    A gestora do fundo, a Credit-Suisse Hedging-Griffo, ou CSHG, é uma das mais renomadas gestoras de fundos imobiliários do Brasil.

    Por ser considerado um fundo imobiliário bastante sólido, o HGLG11 tem um histórico de distribuição de dividendos bastante consistente ao longo do tempo.

    Como resultado, o FII cresceu significativamente ao longo da última década, tanto em número de cotistas quanto em valor patrimonial.

    Só para ilustrar, atualmente o HGLG11 tem cerca de 270 mil cotistas e um valor de mercado de R$ 3,3 bilhões.

    Assim, é possível verificar que o CSHG Logística é um dos maiores FIIs listados na bolsa de valores do Brasil.

    Sem dúvidas, isso faz com que os investidores se sintam encorajados a investir no fundo, uma vez que ele já provou sua solidez com o tempo.

    Um pouco mais sobre o HGLG11

    Entre os anos de 2020 e 2021, o FII HGLG11 apresentou mudanças significativas na sua política de investimentos.

    Antes do ano de 2020, a política do fundo se baseava no investimento em imóveis finalizados, ou seja, imóveis prontos.

    No ano passado, a gestora do fundo mudou o regulamento do fundo e propôs a possibilidade de investimento em imóveis em construção ou mesmo construir imóveis em sua totalidade.

    Desse modo, a medida que a própria gestora participa do desenvolvimento da obra, há o aumento do Cap Rate, ou seja, o possível retorno quando o imóvel for locado.

    Em contrapartida, todo processo de desenvolvimento implica num risco maior, pois as obras podem atrasar ou sofrer com outros problemas.

    Ainda assim, a gestora lançou a mercado a sexta emissão do fundo HGLG11, onde o pipeline tinha imóveis prontos e/ou em construção.

    De todo o modo, o movimento feito pela gestora é justificado pelo crescimento do mercado de fundos imobiliários.

    Mas, de que maneira isso pode impactar no histórico de dividendos do HGLG11 nos próximos anos?

    Caso os imóveis sejam construídos sem maiores problemas, o fundo pode ter um retorno mais significativo aos seus cotistas.

    Então, a seguir vamos analisar o histórico de dividendos do CSHG Logística nos últimos 5 anos.

    Rentabilidade histórica do HGLG11

    Certamente, o HGLG11 é um fundo imobiliário que gerou retornos mais significativos aos seus cotistas ao longo dos últimos anos.

    Os cotistas desse FII têm lucros tanto pelo ganho de capital pela valorização das cotas quanto pelo pagamento constante de dividendos.

    A figura 1 mostra a rentabilidade do HGLG11 ao longo dos anos.

    HGLG11 rentabilidade
    Figura 1. Rentabilidade histórica do HGLG11. Fonte: Relatório Gerencial.

    A figura 1 mostra que desde o início das negociações, o HGLG11 rendeu cerca de 420 %. 

    Em contrapartida, nos últimos 12 meses, a rentabilidade do fundo foi de 6,6 %.

    Histórico de dividendos do HGLG11

    Então, agora vamos falar sobre o histórico de dividendos pagos pelo HGLG11 nos últimos 5 anos.

    A figura 2 mostra quanto o fundo pagou de dividendos aos seus cotistas entre os anos de 2016 a 2021.

    histórico de dividendos HGLG11
    Figura 2. Histórico de dividendos do HGLG11 nos últimos anos. Fonte: Status Invest.

    Histórico de dividendos HGLG11 2016

    De acordo com o site Status Invest, no ano de 2016, o FII HGLG11 pagou R$ 6,09 por cota aos seus cotistas.

    Na época, o fundo tinha uma menor quantidade de imóveis locados para inquilinos, o que justifica o menor fluxo de caixa daquele ano.

    Histórico de dividendos HGLG11 2017

    No ano seguinte, em 2017, o HGLG11 pagou R$ 10,44 por cota aos investidores do fundo.

    A partir desse ano, a distribuição de proventos do fundo alcançou um patamar bastante regular.

    Histórico de dividendos HGLG11 2018

    Assim como no ano de 2017, o HGLG11 distribuiu proventos de R$ 9,60 por cota. 

    Este valor representa um valor médio de proventos mensais de R$ 0,80, o que é um valor próximo ao distribuído atualmente (R$ 0,78 por cota).

    Histórico de dividendos HGLG11 2019

    No ano retrasado, com o aumento do mercado de fundos imobiliários, o HGLG11 teve um aumento expressivo no seu número de cotistas.

    Por isso, no ano de 2019, o HGLG11 pagou proventos de cerca de R$ 9,12 por cota, ou seja, R$ 0,76 por mês.

    Histórico de dividendos HGLG 2020

    No ano passado, o CSHG Logística pagou dividendos de R$ 11,03 por cota.

    Certamente, o pagamento de proventos do ano de 2020 foi um dos maiores do fundo nos últimos anos.

    Isso se deve a expansão do portfólio de imóveis do fundo, bem como a estratégia da gestão com uma política de distribuição de dividendos bastante sólida.

    Inclusive, durante a pandemia, o fluxo de dividendos do fundo foi minimamente impactado.

    Conclusão

    Inegavelmente, o HGLG11 é um dos FIIs mais sólidas e resilientes da bolsa de valores brasileira.

    Em consequência disso, o fundo conseguiu entregar retornos constantes e recorrentes aos seus cotistas.

    Isso pode ser constatado pela distribuição regular de dividendos ao longo dos anos, em paralelo a valorização das cotas do fundo no longo prazo.

    Assim sendo, sem sombras de dúvidas, o HGLG11 é um dos FIIs com melhor gestão da B3.

    Por isso, quando a gestora faz um ótimo trabalho, os cotistas podem ficar tranquilos.

    Então, é isso!

    Um forte abraço,

    Rodrigo Colombo.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on twitter
    Twitter
    Share on whatsapp
    WhatsApp
    Share on telegram
    Telegram
    Share on pinterest
    Pinterest

    Últimos artigos

    Artigos Passados

    Que tal dar um gás no seu Aprendizado?

    Faça algum dos nossos cursos e aprenda mais rápido e melhor!